fbpx

Federer supera Nishikori, atinge 100ª vitória em Wimbledon e encara Nadal na semifinal

Suíço vira sobre asiático e é o primeiro homem a atingir três dígitos no torneio; heptacampeão fará 40º clássico contra rival espanhol no Grand Slam britânico

O recordista chegou aos três dígitos. Maior vencedor de jogos em Wimbledon, suíço Roger Federer (3º colocado da ATP) derrotou o japonês Kei Nishikori (7º) por 3 sets a 1, parciais de 4/6, 6/1, 6/4 e 6/4 nas quartas de final do torneio de Wimbledon. Octacampeão, Federer é o primeiro homem a chegar a 100 vitórias, depois da virada nesta quarta-feira (10).

Assim, Federer enfrenta Rafael Nadal na semifinal, no que será o 40º duelo da rivalidade. O último confronto entre eles no circuito em Roland Garros, quando o espanhol venceu fácil para interromper a sequência de cinco vitórias do suíço. Em Wimbledon, o último duelo foi em 2008 em um jogo épico. Na ocasião, Nadal conquistou seu primeiro título no Grand Slam britânico ao interromper a sequência de 41 vitórias de Federer, que somava cinco títulos consecutivos em Londres.

 

Rivalidade entre Roger Federer e Rafael Nadal

FedererNadal
Em Wimbledon21
Na grama21
Em Grand Slams310
Em semifinais73
Retrospecto geral1524

Fonte: ATP

– Foi difícil. O início foi brutal. O Kei entrou acertando winners de devolução. Precisei fazer uns ajustes. No final, saquei muito bem. Foi uma ótima performance no saque contra um cara contra o Kei. Não estava pensando nas 100 vitórias. Você acaba esquecendo, mas o pessoal me falou que era a 100ª vitória. É um jeito bom de atingir isso. Em Paris tivemos condições brutais, mas foi uma alegria jogar contra ele. Será ainda melhor jogar aqui em Wimbledon – afirmou.

 

 Homens com mais vitórias em Wimbledon

VitóriasDerrotas
Roger Federer10012
Jimmy Connors8418
Boris Becker7112
Novak Djokovic7010
Pete Sampras637

Fonte: ATP

É a 13ª vez que Roger Federer atinge a semifinal na competição. Ele já atingiu essa fase em 45 Grand Slams na carreira. Aos 37 anos, ele melhora o resultado da última edição, quando parou nas quartas de final para o sul-africano Kevin Anderson. A classificação veio com ace, o 11º na partida.

As semifinais estão programadas para sexta-feira, a partir de 9h de Brasília. A ordem dos confrontos ainda não foi definida. O SporTV3 transmite o torneio. Do outro lado da chave, o sérvio Novak Djokovic confirmou o favoritismo ao arrasar o belga David Goffin. Ele terá pela frente o espanhol Roberto Bautista Agut, surpresa do torneio, que o derrotou duas vezes neste ano: na semifinal de Doha, em janeiro, e nas oitavas de Miami, em março.

O jogo

Início lento

O recordista de jogos em Wimbledon começou mal e logo levou a quebra no primeiro game. Nishikori fechou a rede no break point para conseguir a vantagem. O japonês administrou a vantagem e aproveitou a quebra para largar na frente na partida. A demora para calibrar os golpes e o saque custaram caro. Federer enfrentou cinco break points nos três primeiros games de saque e só teve um break point, no sexto game, em que Nishikori sacou bem e confirmou.

Recuperação e mudança no jogo

Logo no início do segundo set, Federer reagiu. Venceu 12 dos primeiros 13 pontos e fechou a parcial em apenas 22 minutos, com duas quebras na parcial. Passou a acelerar os pontos e dominou o adversário. Foi a confirmação da mudança de jogo. Federer passou a acelerar os pontos, sacar melhor e dominar com a direita. Nishikori não conseguiu resistir do fundo de quadra como vinha fazendo.

Bote na reta final

A leitura de Federer na devolução já era outra depois do primeiro set. Conseguiu devolver melhor e pressionar Nishikori, que enfrentou break points nos três primeiros games de serviço. O japonês não conseguiu evitar a quebra quando sacava em 4/4 e Federer confirmou a classificação no game seguinte, sem dramas.

Fonte: https://globoesporte.globo.com/tenis/noticia/federer-supera-nishikori-atinge-100a-vitoria-em-wimbledon-e-aguarda-nadal-na-semifinal.ghtml

Compartilhar
Sem comentários
Comentar
Nome *
E-mail*

WhatsApp chat