fbpx

Depois de levar ‘pneu’, Osaka reage e vira o jogo

Paris (França) – Vencedora dos dois últimos Grand Slam, Naomi Osaka correu um risco real de perder sua excelente sequência de vitórias. Em sua partida de estreia em Roland Garros, a número 1 do mundo levou um ‘pneu’ no primeiro set e viu a eslovaca Anna Schmiedlova sacar duas vezes para o jogo no segundo, mas conseguiu virar o jogo contra a 90ª colocada e venceu por 0/6, 7/6 (7-4) e 6/1 em 1h54 de partida no saibro francês.

Esta é a 15ª vitória seguida de Osaka em um Grand Slam, já que ela foi campeã do US Open de 2018 e também triunfou na Austrália em janeiro. Em 2019, a japonesa de 21 anos acumula 20 vitórias e apenas cinco derrotas, mas sofreu com lesões no músculo abdominal e na mão direita durante a temporada de saibro. Ela faz sua quarta participação em Roland Garros e tem como melhores marcas duas terceiras rodadas.

Osaka terá na segunda rodada um difícil encontro com a ex-líder do ranking Victoria Azarenka, atual 43ª do ranking aos 29 anos. Azarenka vem de vitória por 6/4 e 7/6 (7-4) sobre a letã Jelena Ostapenko, campeã em Paris em 2017. O histórico entre a japonesa e a bielorrussa está empatado por 1 a 1.

disputa pela liderança do ranking mundial começou com cinco nomes, mas a derrota de Angelique Kerber e a desistência de Petra Kvitova reduziu este número para três jogadoras. Apenas a tcheca Karolina Pliskova e a holandesa Kiki Bertens podem tomar o primeiro lugar de Osaka depois de Roland Garros.

Osaka flerta com a eliminação precoce
O primeiro set foi tão ruim para Osaka, que Schmiedlova sequer precisou fazer um winner para aplicar um ‘pneu’ contra a número 1 do mundo. A eslovaca, que não enfrentou nenhum break point na parcial, contou com 13 erros não-forçados da japonesa, que só venceu cinco pontos com o próprio saque.

Depois de enfim confirmar um game de serviço, Osaka conseguiu uma quebra e já abriu 3/0 no segundo set, mas bastou um game de saque muito ruim da japonesa para que a eslovaca buscasse o empate. Sem ser muito agressiva, Schmiedlova apostava em um jogo consistente do fundo de quadra, enquanto Osaka tentava partir para a definição dos pontos. O que se viu na reta final do set foram quatro quebras de serviço seguidas, sendo que a eslovaca teve duas chances de sacar para o jogo, mas pecava pela falta de iniciativa.

A passividade da eslovaca custou caro durante o tiebreak do segundo set, com bastante vantagem para Osaka. Depois de forçar o terceiro set, a japonesa dominou a parcial decisiva, ao disparar três aces, onze winners e só perder três pontos em seus games de saque. A japonesa conseguiu três quebras e consolidou a vitória. Osaka fez 36 a 9 em winners e cometeu 38 erros contra 14 da rival.

Fonte: https://tenisbrasil.uol.com.br/noticias/68215/Depois-de-levar-pneu-Osaka-reage-e-vira-o-jogo/

Compartilhar
Sem comentários
Comentar
Nome *
E-mail*

WhatsApp chat